Saiba o que acontece quando o drone perde sinal - GoDrones

Saiba o que acontece quando o drone perde sinal

21 de dezembro de 2021
FlyAway e FailSafe - O que fazer quando o drone perde sinal
Drone no modo flyaway – foto (Envato Elements)

Cada vez mais os drones tem ficados mais inteligentes e não é para menos. A cada lançamento as empresas como a DJI e Hubsan tem investido pesado em tecnologias que melhoram a autonomia de voo, posicionamento, rastreio inteligente de espaços e objetos e muito mais. Mas o que fazer quando o drone perde sinal?

Quando o drone perde sinal: FailSafe e FlyAway

Para entender o que acontece quando o drone perde sinal e qual a importância do FailSafe, vamos ao seguinte exemplo: um pessoa inexperiente acabou de comprar um drone sem ler atentamente o manual, o usuário deu uma olhada no YouTube de como ligar o drone e pronto. Após ligar o drone em um local com muita interferência, o drone perde sinal com o controle e começa ir embora para longe até desaparecer. Daí o usuário pergunta “o que eu fiz?”, mas a questão é: o que ele não fez.

Para voar com o drone você precisa de um controlador onde você vai pode controlar e configurar tudo na aeronave, desde a câmera até a velocidade do gimbal. Quando o sinal entre o drone e controle é interrompido ou perdido completamente o drone não poderá mais se controlado e poderá bater em um prédio, árvore, outdoor e ou voar para longe como no exemplo acima. A interferência magnética também vai interferir em seu voo principalmente nas grandes cidades, por isso você deve evitar voar perto de linhas de energia ou torres de celular por exemplo. Evite também voar muito longe de sua posição nesses ambientes.

Saiba mais
Acidentes com drones os 10 erros mais comuns
Interferência magnética: como evitar acidentes com o drone
O perigo de voar com drone em dias ventos fortes

Antes de voar com um drone, seja você um piloto experiente ou não, você precisa ficar atento nas configurações antes de realizar seu voo, voe sempre no modo GPS e com home point setado. A navegação por GPS ajuda o drone a voar de maneira correta e precisa, alguns drones só decolam depois de se conectarem a no mínimo 6 ou 7 satélites, quando isso acontece o drone marca o home point e está pronto para voar. Caso o drone perca o sinal em pleno voo por mais de 5 segundos duas coisas podem acontecer:

FailSafe (Falha Segura): Acontece quando o drone perde sinal com o controle e está com o home point setado, neste caso o drone pega as coordenadas iniciais de onde ele decolou e volta para o ponto de origem. Também conhecido por RTH (return to home) essa função evita que o drone fique perdido em caso de perda de sinal ou bata em alguma coisa na volta para o home point desde que esteja devidamente configurado.

FlyAway (voar para longe): Como já citado anteriormente o FlyAway acontece quando o usuário levanta voo sem marcar as coordenadas iniciais ou seja o home point. Caso aconteça alguma perda de sinal o drone não conseguirá voltar para as coordenadas iniciais de voo e ficará perdido. O drone vai começar a voar cada vez mais longe até acabar a bateria e cair em algum lugar. Já vi muitos relatos de pessoas que forçaram um voo sem o posicionamento GPS ativo e sem home point gravado perderem seus drones no primeiro voo, e no fim das contas isso só traz prejuízos.

Dicas para evitar um FlyAway

1. Faça uma verificação de pré voo: Nunca levante voo com seu drone sem marcar o home point, isso irá ajudar seu drone voltar para o ponto de origem caso haja perda de sinal. Verifique também se as baterias estão totalmente carregadas, tanto do drone como do controlador. Tenha paciência e espere o drone se conectar aos satélites e calibre corretamente a bússola.

2. Configure a altitude do RTH: Além de marcar corretamente o home point, é necessário definir corretamente a altura do return to home. Se você está voando na cidade por exemplo: configure a altitude do RTH para 100 metros no mínimo e 120 no máximo. Se você configurar o RTH para 30 metros dentro da cidade, o drone corre um risco enorme de bater em algum edifício na volta. Se você estiver em um barco por exemplo, defina um RTH dinâmico caso contrário o drone irá se jogar na água.

3. Voe dentro da sua linha de visão: Isso é algo que todo piloto deve fazer, e há um motivo de sobra para isso, voar com o drone fora da sua visa você só corre o risco de perde-lo e colocar outros em perigo principalmente se você estiver voando durante a noite.

4. Compre um rastreador para drones: Rastreadores de drones estão começando a ficar populares. Eles usam GPS para manter constantemente o controle da localização do seu drone. Outros rastreadores usam um sinal de celular, garantindo que você possa localizar seu drone mesmo que não haja GPS.